quarta-feira, 24 de outubro de 2012

O Evangelho é o suficiente para você?


Por Leonardo Gonçalves

Um dos pontos que diferencia evangélicos das seitas pseudocristãs é a suficiência da Palavra de Deus. Todo cristão evangélico sustenta que a Bíblia é a infalível Palavra de Deus, totalmente suficiente, ao ponto de já não necessitarmos novas revelações alheias ao evangelho, nem de aparições angelicais ou ainda tradições esclerosadas de origem duvidosa. Na verdade, afirmar a Suficiência das Escrituras equivale a que não precisamos de nenhuma outra coisa além do evangelho. Nada além das Escrituras.

Se isso for verdade, segue-se que todo o resto é enfeite de culto. É bonito, interessante, as vezes didático, mas secundário. Remova o púlpito, e ainda terá uma igreja cristã. Remova as cadeiras e não perderemos nada. Desligue o ar condicionado do templo e ainda teremos uma igreja evangélica. Acabe com o grupo de musica, desligue o projetor, e ainda teremos uma igreja evangélica, uma pregação evangélica, e um culto evangélico. Será?

Imagine que um dia você chega na sua igreja e encontra um templo vazio: o púlpito não está lá, as cadeiras acolchoadas também não, não há instrumentos musicais, nem banda, nem letras no telão, nem teatro, danças, coreografias, nada nesse estilo. Você entra e tudo o que vê é um homem com uma Bíblia na mão. Como você reagiria? Como você se sentiria? Será que você ainda pensaria que está entrando em uma igreja? Será que a sua igreja sobreviveria sem todos estes elementos secundários? Será que sua fé resistiria a todas essas mudanças? Se nós tivéssemos cultos somente de pregação, as pessoas assistiriam mesmo assim?

Em outras palavras, o Evangelho é realmente suficiente para nós?

A verdade é que se estes elementos deixassem de existir, muitas igrejas desapareceriam também. Isso porque são igrejas centradas em vaidades, e não no evangelho de Cristo. Para elas, a suficiência das Escrituras é apenas um dogma a ser confessado, e não uma verdade para ser vivida!

Pastor, proponho que você faça o seguinte: Remova as cadeiras, tire o púlpito do lugar, desligue os ventiladores, tire os instrumentos e todas as outras coisas não essenciais de sua igreja e aguarde seu rebanho com a Bíblia na mão. Use a oportunidade para falar da suficiência da Palavra. Mostre a eles a diferença entre o essencial e aquilo que é secundário. Deixe que eles sentem no chão, com a Bíblia sobre as pernas e saboreiem a Palavra sem distrações. Aproveite para dizer a eles que milhões de crentes ao redor do mundo se reúnem assim: sem cadeiras, sem edifícios ostentosos, ar condicionado, projetores e banda de musica; são os cristãos perseguidos. Conte a eles como, para milhões de crentes ao redor do mundo, a Bíblia é suficiente.

Marque reuniões mensais assim, onde vocês se despojarão de tudo o que não é essencial para saborear a Palavra e viver como a igreja primitiva e como os crentes perseguidos. Tenham refeições em comum durante este período e intercedam pelos seus irmãos em todo mundo. E se depois de alguns dias você ficar sozinho com a Bíblia na mão, comece a plantar de novo, pois o que você tinha não era uma igreja evangélica, um rebanho de ovelhas, mas apenas uma seita centrada em uma infinidade de elementos não essenciais, mas totalmente distante da verdadeira fé e do evangelho de Deus.

***
Leonardo Gonçalves é missionário no Peru e editor do Púlpito Cristão

sábado, 13 de outubro de 2012

Ciúme é Normal....Será Mesmo?



 Por Paulo de Abreu Marcondes


Essa é uma pergunta que todos deveriam se fazer. Andei verificando o que significava ciúme,e no Dicionário Aurélio, diz o seguinte: “Sentimento doloroso que as exigências de um amor inquieto, o desejo de posse da pessoa amada, a suspeita ou a certeza de sua infidelidade fazem nascer em alguém...". Parei por aí. É muito sério isso gente. Como um cristão pode ser ciumento? Como um marido ou esposa pode ser ciumento(a)?

Gálatas 5:19-21: Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia, a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos, as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deus.

Tiago 3:16: Porque onde há ciúme e sentimento faccioso, aí há confusão e toda obra má.

I Coríntios 13: 4-7: "O amor é sofredor, é benigno; o amor não arde em ciúmes; o amor não se vangloria, não se ensoberbece,não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal;não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade;
tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta".

Fico imaginando, o quanto deve ser difícil para um homem ou uma mulher sofrer por ciúmes. Mas, e o cristão! Porque tem ciúmes ? Porque o amor não sobressai sobre o ciúme ?

Porque existe tanta insegurança em uma relação? Não consigo imaginar como alguém que ama, que leva Deus a sério, que realmente crê nas promessas da Palavra pode ser ciumento.

A Palavra diz:

Efésios 5: 22-30:
Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao SENHOR;
23 Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo.
24 De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos.
25 Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,
26 Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra,
27 Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.
28 Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo.
29 Porque nunca ninguém odiou a sua própria carne; antes a alimenta e sustenta, como também o Senhor à igreja;
30 Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos.
31 Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne.


Como alguém pode ser uma só carne e ter ciúmes ?
O ser uma só carne é ser um em tudo ! É ser uma só carne, uma só mente e um só coração. Como pode ser isso . O corpo físico é um do outro, seus pensamentos são um para o outro, assim como seus corações.
O amor entre um homem e uma mulher, no Senhor, é isso.
As necessidades físicas, sexuais, devem ser satisfeitas um com o outro, os seus desejos, seus pensamentos devem ser em fazer o outro feliz, o seu coração deve amar seu cônjuge acima de tudo e de todos, só abaixo do seu amor pela Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo).

Como pode amar alguém e desconfiar dessa pessoa ?

No verso 25, de Efésios 5, citado anteriormente diz que devemos amar nossa esposa, como Cristo amou a igreja, e a si mesmo entregou por ela.

O mesmo se diz para as mulheres que devem estar sujeitas a seus maridos em tudo.

No Aurélio, desconfiar significa :

Supor, julgar, não ter confiança, suspeitar, duvidar, entre outras definições.

Como um cristão que leva a sério a Palavra, pode não confiar no seu cônjuge? Aonde está o amor verdadeiro ?

Julgar no Aurélio é Decidir como juiz ou árbitro; sentenciar, imaginar, conjeturar, formar opinião sobre, avaliar.

Em Hebreus 13:4 diz :

Honrado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; pois aos devassos e adúlteros, Deus os julgará.

O ciúme não leva as pessoas ao crescimento, a alegria, ao amadurecimento, mas leva ao sofrimento, a dor, a desconfiança, ao desentendimento.

Quantos casamentos se abalam quando existe o ciúme.
Confiar é segundo o Aurélio :

Ter confiança; ter fé; esperar, acreditar. pôr confiança, esperança (em alguém ou em alguma coisa), confidenciar.

Quem confidencia sua vida, seus pensamentos, seus desejos, seus sentimentos com alguém a quem não confia?

Quem não confia, fica desesperado com atrasos, com amizades, suspeita de tudo e de todos.

Conta-se que uma linda e simpática mulher, carismática, atraente aos olhos das pessoas, porque seu sorriso era encantador, sua voz transmitia paz, segurança, alegria em viver, era casada com um homem muito ciumento, mas que nunca demonstrava para ela esse ciúme que sentia dela, ele sofria por dentro.

Por muitas vezes ele ardia em ciúmes, só por ver sua esposa conversando com muitas pessoas, sempre rodeada de amigas e amigos, pessoas que gostavam muito da amizade dela, porque sempre tinha uma palavra de conforto, de incentivo, de alegria, sempre mostrava o lado bom das coisas.

Um dia, morrendo de ciúmes, ele começou a seguir sua esposa, ouvir atrás da porta suas conversas ao telefone, revirar sua bolsa enquanto ela dormia a procura de alguma coisa que a delatasse, nunca encontrava nada.

Certo dia, ouviu meia conversa de sua esposa com outra pessoa, sobre o encontro na casa dessa pessoa, no início da noite. O marido, ardendo em ciúmes, ficou atento aos movimentos de sua esposa naquele dia, tudo parecia muito suspeito, ela fazia muitas ligações de seu celular, querendo esconder alguma coisa, falava em tom um pouco mais baixo do que de costume, era muito estranha a atitude dela naquele dia.

Ele a estava seguindo, mas por um problema no trânsito, perdeu sua esposa de vista, ficou irado, furioso. Tentou ligar para o celular dela e só dava ocupado, ou fora de área. O que será que ela estava fazendo, com quem ela estava naquele momento.

Aí recebeu uma mensagem pelo celular dizendo “ me pegue as 19:00 horas em tal endereço “. Ele olhou no relógio, faltavam ainda alguns minutos, correu desesperado até o endereço dado, pensando muita bobagem pelo caminho, até que chegou em frente a casa cujo endereço ela tinha dado, estava tudo meio escuro, apenas uma pequena claridade em uma das janelas, a cortina estava fechada, uma pequena sombra movimentava-se, talvez ela estivesse lá, com alguém, e não suspeitasse que ele viria mais cedo. Ele como um raio abriu a porta e precipitou-se para dentro da casa, na escuridão, batendo-se pelos móveis, fazendo um barulho enorme, quando num repente a luz se acendeu, a casa estava lotada de amigos, colegas de trabalho, parentes e sua linda esposa, cantando para ele ...parabéns prá você.....

É de se imaginar a cara que ele ficou quando se deparou com aquele cena.

Isso é apenas uma estória, mas ilustra muito bem o que o ciúme pode fazer com uma pessoa.

Se vocês levam Deus a sério, não deixem o inimigo colocar barreiras entre você e seu cônjuge, rejeite qualquer atitude que está fora da Palavra. Lembre-se do que diz em Romanos 13 : 9-10,

Com efeito: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não darás falso testemunho, não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor.

Ou o que diz em Gálatas 5:22:

Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.

Conclusão:

Vale a pena ser ciumento? Vale a pena viver uma vida de desconfiança, suspeitando de coisas irreais sobre seu cônjuge ? Vale a pena viver fora da Palavra ?

 
Por:   Paulo de Abreu Marcondes
Igreja Batista do Bacacheri - Curitiba/PR
pauloamarcondes@yahoo.com.br

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

TRAIR E ORAR, É SÓ COMEÇAR!

Por Dani Marques

O título te escandalizou? Ou foi a imagem? Sabe o que que mais me escandaliza, ou melhor, indigna? É saber que o adultério corre solto dentro das igrejas. Os escândalos anunciados na mídia e os muitos e-mails que recebo não me deixam mentir. Não, não estou falando de pessoas que vez ou outra traem, se arrependem genuinamente e buscam restauração em Cristo, mas sim daqueles que se dizem irmãos e vivem na imoralidade.

Ou seja, o adultério e a prostituição fazem parte da sua vida tanto quanto a oração e leitura da Palavra (diga-se de passagem: leitura conveniente da Palavra). Um dos exemplos que me vem a mente, é o caso do pastor que ignorou o acento da palavra adúltera, acrescentou uma vírgula no texto e criou um justificativa para traçar sua "ovelhinha": "Vá, tome uma mulher, adultera...". Veja a diferença do texto original: "Vá, tome uma mulher adúltera e filhos da infidelidade, porque a nação é culpada do mais vergonhoso adultério por afastar-se do Senhor". Oséias 1:2.

Líderes religiosos usando a Palavra para justificar o pecado? Não preciso nem me dar ao trabalho de procurar. Tem aos montes!
Mas não podemos esquecer que adultério não envolve apenas o ato físico: "Mas eu lhes digo: qualquer que olhar para uma mulher para desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração". Mt 5:28. "Vixi, então o negócio tá feio!" Feio? Tá feio, encardido e fedendo a estrume!

Quantos líderes religiosos lascivos estão levedando toda a massa? Pregando a Vida e vivendo na morte? Abra o cardápio da imoralidade e observe:
1 - Pastores que traem suas esposas com mulheres da própria igreja;
2 - Mulheres que sentem prazer em acentuar suas curvas para atrair olhares;
3 - Líderes religiosos frequentadores de prostíbulos;
4 - Líderes de jovens viciados em pornografia;
5 - Pastoras com fogo na periquita incendiando o "gabinete pastoral";
6 - Mulheres que usam o pretexto do aconselhamento individual para seduzir seus líderes;
7 - "Levitas" praticantes de sexo virtual;
8 - Padres pedófilos e etc.

Músicas que todo cristão deveria ouvir #2

Continuando a série "Músicas que todo cristão deveria ouvir", deixo pra vocês um belo louvor.

Muitas vezes gosto de escutar ele de manhã indo trabalhar, ou o contrário quando estou voltando p casa após um dia dificil.

Essa música nos faz lembrar que por meio de Jesus Cristo nosso Senhor nós somos "LIVRES"

"Livre Sou - Leonardo Gonçalves"



quarta-feira, 3 de outubro de 2012

A PONTE-Entre o Agora e o Sempre

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” – João 3:16

Por William de Souza

A um tempo atrás eu vi um video no youtube chamado " A Ponte".  Me emocionei e até cheguei a passar ele na igreja em que congrego no momento de mintração de um louvor que falavra sobre o amor de Deus por nós. 

Foi uma benção, mas  nunca tive a oportunidade de ver o filme completo (que trata-se de um curta-metragem), até que recentemente decidi procurar por esse filme. Bem na verdade eu achava que o video se tratava só daquilo mesmo no clip, que tem uns 6 minutos, mas o filme em si tem por volta de meia hora de duração.

"A Ponte" é um filme comovente, indicado ao OSCAR de melhor curta-metragem e ganhador de vários prêmios ao redor do mundo.

O filme conta a história do afetuoso relacionamento entre um operador de uma ponte levadiça o seu pequeno único filho.
Este amor é colocado à prova quando os dois tentam impedir um iminente desastre com um trem que transporta centenas de pessoas.

Quando uma jovem, que leva uma vida totalmente sem rumo, testemunha um grande ato de amor, sua vida muda para sempre.

O que é necessário para transformar uma vida?  

Sentimentos... Vida... O que fazer em meio a um dilema que marcará para o resto da vida?
Uma obra que nos coloca diante de uma verdade... Somos os juízes de nossos atos. 



Falo com opinião de quem curte e muuuito cinema.
O filme é emocionante e  transmite a dor da perda com expressões fortes que impressionam.



CLIQUE NA IMAGEM PARA VER O FILME
Uma palavra define esse curta: Fantástico.   Diz muito em pouco tempo e o resultado nos deixa fascinado.
 

O curta-metragem não é mudo, porém, a sensação é de ser. Os ventos, a neve, o som dos trilhos, só como alguns exemplos, funcionam como ferramentas muito mais poderosas que diálogos diretos; essa forma de contar a história é magistralmente usada em “Most”, um filme de amor, sacrifício e esperança. 

Mas o melhor do filme é que ele é uma comparação(ilustração na verdade) ao amor de Deus que pra salvar toda humanidade entregou seu filho a morte, para que nós pecadores venhamos a ter vida eterna.

Simplesmente maravilhoso.

Assista ao filme e que o Espirito Santo habite em você.  Fique na Paz de Deus.

LINK PARA VER O FILME NO SITE YOUTUBE FILME CLUB

OU CLIQUE NA IMAGEM


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...